segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Proteja seu casamento contra o divórcio



Proteja seu casamento contra o divórcio

A fidelidade, o compromisso, a felicidade do outro, a santificação do casamento e o crescimento na fé, parecem ser coisas que não têm espaço na sociedade atual, na qual o divórcio se estende como uma epidemia. Esta crise é um convite aos casais, para que enfrentem as situações que os ameaçam.

Armadura contra a infidelidade

Uma situação que ameaça o casamento é a infidelidade, que, de maneira astuta, chega de diversos lugares. Se o casal não quer correr o risco de ultrapassar fronteiras das quais é impossível voltar, sigam as dicas:

- Tentem viver os valores os detalhes que o levaram a apaixonar-se: uma ligação surpresa, enviar flores, cozinhar o prato favorito do outro, etc. 

- Evitem a influência de estranhos e más companhias, não façam coisas boas que parecem ruins, nem coisas que não gostariam que lhes fizessem.

- Evitem passar tempo desnecessário ou ficar a sós com pessoas do sexo oposto, tampouco compartilhem segredos sobre o seu casamento sem que o cônjuge esteja de acordo. A infidelidade pode começar como uma relação "inocente".

- A rotina e o costume esfriam os relacionamentos; cuidem da chama do amor com detalhes que façam seu cônjuge se sentir amado.

- Mantenham vivo o entusiasmo, falem dos seus melhores momentos juntos, pois recordá-los reaviva o amor e lhes dá uma nova identidade como casal.

- A paixão começa, muitas vezes, com o que se vê; esforcem-se para manter uma boa aparência, para que os olhares não se dirijam em outra direção.

Armadura contra os problemas financeiros

As finanças podem ser uma causa de tensão em um casamento, desgastando a relação. Por isso, precisam ser tratadas com prudência.
- Sejam sinceros sobre seus ingressos e tomem decisões juntos.

- Exponham suas necessidades e gostos, buscando que as decisões combinadas sejam para o benefício do casal.

- Ainda que as contribuições de cada um não sejam iguais, ambos precisam ter a mesma capacidade de dispor dos recursos.

- Tentem planejar os gastos e ajustar-se com os ingressos, a fim de ter um equilíbrio econômico que não leve a conflitos. 

Armadura contra a má comunicação

Uma boa comunicação é a maior necessidade do casamento, já que a maioria das crises começa quanto o trato e o diálogo deixam de existir. 
- Dediquem tempo a escutar um ao outro e valorizem seus sentimentos. Quando estão juntos, tentem deixar de lado o trabalho, telefone, jornal, televisão, etc. Olhem nos olhos um do outro.

- Falem sempre com a verdade, procurando não cair na agressão.

- Eliminem as palavras "sempre" e "nunca" do seu vocabulário, pois geralmente são usadas para reprovar e se tornam destrutivas na comunicação. 

- Não culpem o cônjuge sem tê-lo escutado, não lhe recordem fatos negativos, livrem-se de rancores e ofereçam à relação coisas que possam desfrutar juntos.

- Aprendam a dizer "eu" ao invés de "você", porque um dos principais motivos de discussão é culpar o outro por causa de emoções ou sentimentos próprios.

Nesta batalha em defesa do casamento, o mais importante é fortalecer a relação dos esposos com Deus, que é o melhor escudo e a melhor espada para lutar contra o inimigo. 

Fonte: Artigo publicado originalmente por Desde la Fe.